Meu peso...

sexta-feira, 23 de julho de 2010

DIVÃ

Oie!!!

Já estou re-introduzindo a comida girls... Ontem a noite teve arroz, caldinho de feijão, frango e quiabo; tudo uma delicia e desceu muuito bem, graças a Deus. Pela manhã só tomei o iogurte, não quis arriscar comer pão. Como a médica orientou começar devagar, vou restringir os alimentos apenas no almoço e jantar; no restante do dia vou priorizar liquidos.

Também fiquei contente porque ontem fui visitar minha madrinha e ela está com uma aparencia ótima. Hoje irá realizar um exame e talvez amanhã já tenha alta. Tive a certeza de que ela está bem lucida e boa quando começou a reparar pra minha mãe que os filhos da mulher que está no leito ao lado dela são operados do estomago e disse: - Ah, mas eles tiveram muitas consultas com psicologo antes, tem que estar preparado pra fazer.

Eu não estava perto, marido e mamis que me contaram. Engraçado que elas nunca "percebem" o quanto já emagreci; só vivem dizendo que acham que não consigo aguentar no campo psicologico.

Daí coloco uma enquete aqui pra vcs, não somente as operadas: Por que algumas pessoas insistem em nos julgar incapaz?

As vezes tenho vontade de mandar pra PQP sabe? Eu nem gosto de falar disso aqui pq é minha familia, mas hoje precisava desabafar antes que pirasse; vou falar a verdade que isso me incomoda demais! Eu já passei pela cirurgia, foi um sucesso, estou emagrecendo, estou feliz, me sinto capaz de abraçar o mundo!! E sei que transpareço isso porque algumas pessoas me elogiam, dizem q voltei a ter brilho no olhar. Por que elas insistem em dizer que não vou aguentar, que não vou conseguir? Estes probleminhas fisicos de pós-cirurgia que estou enfrentando são perfeitamente normais e previstos, não são?? Santa ignorancia...

Por outro lado tem um ponto que talvez eu tenha mesmo que tratar com a psicologa: aprender a comer pra viver e não mais viver pra comer. Falo isso no sentido de que antes a comida era um prazer pra mim; hoje é apenas comida, necessária pra eu ficar de pé (ainda mais que nos ultimos dias não tem sido nenhum pouco prazeiroso comer...rs). Alguma das operadas aqui tem esse sentimento??

Se eu conseguir, mais tarde volto pra falar do final de semana que, por enquanto, está sem programação nenhuma...hehehe

Ah, sim, queria agradecer aqui a presença da minha maninha Isa... Ualow!!! Adorei saber que tem passado por aqui! Também te amo, viu! A Isa é a irmã que eu escolhi pra vida... Tem coisa melhor?

E a noite prometo responder a todos os comentarios e visitar os cantinhos.

Um beijão!!!

6 comentários:

Devaneios de Mulher disse...

Bom dia flor do dia!

Que bom que você está se sentindo melhor né?!
É tão bom!
Quanto ao fato do julgamenteo... Também sinto isto na pele.Sempre tem um "mas". Outro dia mesmo mostrei a foto de uma amiga que emagreceu quase 40 kilos, lá no trabalho algumas amigas magras disseram que ela estava horrível, com cara de doente. Quando estava gorda e hipertensa ninguém falava nada né?!
Enfim, também tenho que trabalhar este meu lado sem "comida", pois também antes vivia para comer e não comia para viver. Já notou o quão é difícil socializar sem comida? É difícil mas não impossível. Temos que ir um dia de cada vez!

Beijo amiga, ótimo finde para você!

Tati

Dani disse...

Querida xará.

"Por que algumas pessoas insistem em nos julgar incapaz?"
bem como eu disse num post atrás..porque são pessoas que não podem ver a satisfação, a luta , as conquistas dos outros..e transferem toda inveja e frustração prá gente.
Pior que pessoas que amamos fazem isso também.
Não por mal até..por ignorância.
Com certeza operar requer mudanças muito significativas de agora prá frente.
Se achares legal procure mesmo uma ajuda profissional.
Estamos aqui prá ajudar viu?
Amiga levante a cabeça e grite: Eu vou mudarrr!
hahahahaha
beijo e te cuida.

Simone disse...

Querida Dani, acho que as pessoas mais próximas de nós se acostumaram a nos ver
como seres vulneráveis à comida, à gordura,
e aos preconceitos da sociedade. Talvez, por
estes motivos pensem que não seremos capazes
de dar uma "virada" na vida.
Eles tb precisam se adaptar as novas filhas,
sobrinhas, etc. Que, com certeza, não aceitarão pouco da vida, como era antes.
Nós estamos mudando, e mudanças geram medo...
Nossa, tô filosofando muito hj. rsrsrs
Bjs e fique com Deus.

Cí disse...

Dani,
Posso resumir sobre sua family?
PURA INVEJA!
Vc é superior a tudo isso!
Sobre a parte psicológica, ouvi uma vez um ex-namorado de uma amiga falar que estava mal pq tinha operado e tirado o que mais ele curtia, tinha prazer qu eera a comida....
Deve fazer sentido, mas converse bastaaaaante com as blogueiras sobre isso, como elas fizeram para encarar este fato.
E se sentir vontade, psicólogo é um médico como qq outro, Gineco, clinico, qdo precisamos não devemos hesitar!
Ótimo final de semana,
Bj ao casal sensacional!

FADINHA - Diário Virtual disse...

Branquinha, isso é difícil viu...
Toda vez que falo da cirurgia com o meu pai, ele insiste em dizer que não vai dar certo, que eu vou voltar a engordar ou morrer. Fico arrasada na hora, mas depois reflito: só eu sei o que é melhor pra mim! Sou eu que convivo com essas malditas limitações que acompanham a obesidade.
Olha, e te digo mais, se eu puder, nem quero que ele saiba quando vou operar pra não agourar minha cirurgia!hehehe...
Acho que existem pessoas que não estão preparadas para nos ver mudar.. daí não auxiliam devidamente... só botam pra baixo, mesmo que sem perceber.
Mas, seja forte, amiga!
Você está indo muito bem e vai superar esses probleminhas como a lady que é.
Beijos e um lindo final de semana.

Vanessa disse...

Isso é pura inveja amiga... relaxa... sabe as vezes eu axo q ninguem repara em mim tbm... mas na verdade eles naum qrem dar o braço a torcer pq estamos emagrecendo...hahahahaha... beijos